NOTÍCIAS
11/06/2014 10:15 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Hillary Clinton elogia Dilma Rousseff: 'uma mulher exemplo de democracia'

AP Photo/Seth Wenig

A candidata virtual a ser sucessora de Barack Obama na Casa Branca, Hillary Clinton, lançou ontem (9) a biografia Hard Choices ("Escolhas Difíceis", em inglês). O livro de memórias da ex-secretária de Estado americana faz referências bastante elogiosas à presidente Dilma Rousseff. "[Ela é] uma mulher exemplo de democracia [na América Latina]", escreve Hillary.

A democrata elogia as qualidades intelectuais e gerenciais de Dilma e compara com seus dois antecessores. "Pode ser que ela não tenha o brilho de Lula ou a experiência técnica de [Fernando Henrique] Cardoso, mas tem forte intelecto e muita garra", afirma Hillary. "Eu a admiro e gosto dela", revela no livro.

A ex-secretária dos EUA também abordou os protestos de junho de 2013 no Brasil. "Ao invés de ignorar, mandar bater ou prender manifestantes, como muitos outros países fazem, tal qual a Venezuela, Dilma se encontrou com eles, reconhecendo as preocupações deles, e solicitou que trabalhassem com o governo para solucionar os impasses", escreve.

Hillary lança o livro Hard Choices em uma turnê pelos Estados Unidos. Segundo os críticos, a série de lançamentos é uma campanha eleitoral disfarçada a dois anos do novo pleito presidencial. Ela está aproveitando o momento, já que nunca se falou tanto em Hillary Clinton como agora.

(Com agências internacionais)

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost