NOTÍCIAS
05/11/2014 21:36 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

‘Preso' em casa, José Dirceu sorri, curte a família e falta ao emprego no primeiro dia longe da cadeia

Reprodução/Facebook

Um dia após deixar a cadeia e passar a cumprir prisão domiciliar, o ex-chefe da Casa Civil da Presidência da República, José Dirceu, não compareceu para trabalhar no escritório do advogado José Gerardo Grossi. A informação é do jornal O Globo. Dirceu vem trabalhando no local desde que ganhou o benefício de trabalhar durante o dia.

A reportagem afirma que o ex-ministro, apontado como mentor do mensalão do PT, quer permanecer por mais algum tempo trabalhando no escritório, em uma atividade cujo salário lhe rende R$ 2,1 mil mensais.

Ao que tudo indica, Dirceu tirou o dia para curtir a família, conforme mostra uma postagem do seu filho, o deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) no Facebook.

Dirceu passou pouco mais de 11 meses preso e agora poderá cumprir o restante da pena inicial de sete anos e 11 meses em casa, benefício este previsto em lei. Contudo, ele tem um prazo de 90 dias para “comprovar que exerce trabalho honesto” ou “justificar as suas atividades”, sob pena de perder o direito da prisão domiciliar.

LEIA TAMBÉM

- Luciana Genro dispara para todos os lados: 'turma de Dirceu', 'privataria tucana' e 'nova política com banqueira'

- Os 10 momentos mais irreverentes de Roberto Jefferson, delator do mensalão preso nesta segunda-feira

- Más condições das prisões no Brasil e saúde debilitada fazem Itália negar extradição de Pizzolato, condenado pelo mensalão

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost