Faustão chama o Brasil de 'País da desesperança' e Marieta Severo responde à altura

A atriz Marieta Severo, conhecida por integrar o seriado "A Grande Família" e protagonizar o filme "Carlota Joaquina, Princesa do Brazil", esteve no último domingo (28) no programa Domingão do Faustão.

Em um bate-papo. a atriz e o apresentador falaram sobre a atual situação do Brasil -- política e econômica. Faustão nomeou o Brasil como "país da desesperança" dizendo que "a única coisa organizada é o crime, porque falta estrutura, falta seriedade", além de citar corrupção, crise e desemprego. Em contrapartida, Marieta disse que é otimista e que "o país caminhou muito nesses últimos anos":

"Sou sempre otimista. Eu acho que o País caminhou muito nos últimos anos. Estamos numa crise, sim. Já tivemos em outra, temos que ter uma atenção muito grande para sair dela. Mas, para mim, Faustão, tem uma coisa muito importante que me norteou toda a minha vida, que é inclusão social, a chamada luta contra a desigualdade. É claro que eu sei que a gente tem que estar com uma economia equilibrada para tudo isso continuar acontecendo, mas a gente teve muito isso nos últimos anos. [...] Que a gente está numa crise, que a gente tem que sair dela, com certeza. Mas a gente já teve outras e já saiu, a gente vai sair. É um País com tantas qualidades, né?"

Não é a primeira vez que Marieta Severo se posiciona sobre suas opiniões políticas na mídia. Em entrevista para o jornal O Globo, em maio deste ano, a atriz disse que é contra a redução da maioridade penal, a favor do aborto, e que não quer uma religião legislando sua vida.